Total de visualizações de página

domingo, 16 de julho de 2017

Cunha entrega anexos de delação premiada à PGR, diz jornal

O ex-presidente da Câmara e deputado federal cassado aguarda um posicionamento dos investigadores


Preso desde outubro do ano passado em Curitiba (PR), o ex-presidente da Câmara dos Deputados e parlamentar cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) entregou os anexos de sua proposta de delação premiada à Procuradoria-Geral da República (PGR). O material é analisado pelos investigadores. A entrega teria ocorrido na última sexta-feira (7/7), de acordo com informações do jornal Valor Econômico.
Na proposta, Cunha deve revelar esquemas de propina e pagamento de caixa 2 a campanhas de seus correligionários, além de traçar o caminho do recebimento de dinheiro sujo por pelo menos meia centena de políticos. Entre eles, o presidente da República, Michel Temer (PMDB), e seus mais próximos aliados.
O deputado cassado e seu operador financeiro Lúcio Bolonha Funaro — que está preso em Brasília — têm acenado de forma concreta a intenção de confessar seus crimes e delatar os envolvidos. Entretanto, somente um deles se tornará colaborador da Justiça.
Formalmente, a delação de Cunha está mais avançada. Porém, o histórico do processo de negociação do acordo e o estágio já adiantado da Lava Jato representam um empecilho para o ex-presidente da Câmara. Além disso, ele não delatou desde sua prisão. Funaro, por sua vez, implicou o ex-ministro da Secretaria de Governo Geddel Vieira Lima, que cumpre prisão domiciliar, por obstrução à Justiça.
Inicialmente, Cunha se mostrava relutante em propor colaboração. Mas, agora, se apressa para tentar deixar a cadeia. Ele planejava esperar a saída de Rodrigo Janot do comando da PGR, em setembro, para propor o acordo. O peemedebista, no entanto, notou que a sucessora do procurador, Raquel Dodge, sabatinada nesta semana no Senado, deve endurecer as investigações da Lava Jato. Por isso, Cunha corre contra o tempo para apresentar a proposta a Janot.
(Com informações de Metrópoles)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem é Manoelzinho Canafístula?

Minha foto

Quem é Manoelzinho Canafístula?

Manoel Rosa Filho é conhecido popularmente como Manoelzinho Canafístula, tem 44 anos, é Jornalista Profissional (1996), Professor (1996), Radialista (1997), Micro Empresário de Serviços (2007), Político (1996/2018), Líder Comunitário (1996/2018) e Estudantil (2003/2017). Nasceu em Agosto de 1973 no Município de Santana do Acaraú, é divorciado, tem uma filha Assistente Social e Advogada e dezenas de afilhados pelo Ceará. Residiu por 14 anos na cidade de São Paulo. Trabalhou para as duas maiores empresas do mundo, a francesa Carrefour (1986/1993) e a americana Dun e Bradstreet Div. Nielsen (1994/1995). Em Santana do Acaraú foi Vereador (2007), Secretário de Cultura, Turismo, Desporto e Juventude (2008), Assessor Especial do Gabinete do Prefeito (2013) e Servidor Público Municipal de Santana do Acaraú efetivo (2004/2005) e Servidor Contratado da Prefeitura de Sobral (2017/2018).
Fundou os Jornais Correio Santanense (2001/2005), Tribuna do Vale (2009) e a Voz do Vale (2012/2016). Criou o blog "Tribuna dos Vales" em novembro de 2016. Foi presidente de Associações Comunitárias e conselheiro de sete conselhos municipais, sendo presidente de três deles: Conselho da Criança e do Adolescente, Conselho de Habitação e Conselho de Segurança. Prestou serviços de Assessoria de Comunicação e Imprensa e foi Mestre de Cerimônia para órgãos públicos e privados em diversas cidades da região noroeste do Ceará, incluindo Sobral. Participou de dezenas de cursos, congressos, conferências, seminários, jornadas e oficinas no Ceará e no Brasil.
Mora na cidade de Sobral desde outubro de 2016. Em Santana do Acaraú é conselheiro municipal do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente, Conselho da Assistência Social, Conselho Municipal de Habitação de Interesse Social e do Conselho Comunitário de Defesa Social. 

Pesquisar este blog

Follow by Email

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *