Total de visualizações de página

domingo, 21 de maio de 2017

Como a JBS virou uma gigante no setor de carnes

 

Em 1953, a cidade de Anápolis, em Goiás, foi palco do nascimento da organização que seria a maior empresa do setor de carnes do mundo. A JBS começou sua expansão a partir da construção de Brasília, quando um de seus fundadores, José Batista Sobrinho, conhecido como Zé Mineiro, passou a comercializar carne para as construtoras e empreiteiras que se instalaram no Planalto Central. Dona das marcas Friboi e Seara, hoje, a JBS é a maior empresa privada em faturamento do Brasil, atrás apenas da estatal Petrobras.
Nos últimos anos, a empresa expandiu seus negócios em decorrência de empréstimos bilionários do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Atualmente, atua em 22 países, nos cinco continentes. São 340 unidades no mundo, que reúnem um contingente de 270 mil colaboradores.
O economista José Matias-Pereira, do Departamento de Administração da Universidade de Brasília (UnB), destacou que o crescimento da empresa tem forte ligação com o aporte dos bancos públicos. “A JBS é uma das empresas que têm maior facilidade em conseguir financiamentos com o setor público. Isso revela que existem empresas inventadas, que começaram sem nenhuma estrutura e conseguiram aportes bilionários do Estado. Esse modo do governo de bancar empresas, em vez de apenas criar condições para seu crescimento, prejudica bastante a economia brasileira”, afirmou o especialista.
A expansão da companhia goiana foi tão rápida que, em 2008, o governo dos Estados Unidos vetou a compra da empresa Smithfield Foods. A transação seria realizada por US$ 565 milhões. Autoridades norte-americanas entenderam que, como já era detentora de outras empresas no país, a compra de mais uma poderia elevar os preços da carne para o consumidor. No entanto, em 2015, a JBS fez uma das maiores aquisições de sua história: a Cargill foi comprada por US$ 1,45 bilhão.

O crescimento da JBS e a elevação dos valores recebidos por bancos como o BNDES ocorrem ao mesmo tempo em que doações milionárias são realizadas pela companhia a políticos. Na eleição de 2014, a empresa doou R$ 391,8 milhões para, pelo menos, 16 partidos. Tal apoio ajudou a eleger a ex-presidente Dilma Rousseff, 12 senadores, 18 governadores e 190 deputados federais, o que conferiu poder político à companhia a ponto de interferir em decisões como a escolha do ministro da Agricultura. Segundo o último balanço da JBS, o valor de mercado era de R$ 30,3 bilhões no primeiro trimestre.
(Correio Brasiliense)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem é Manoelzinho Canafístula?

Minha foto

Quem é Manoelzinho Canafístula?

Manoel Rosa Filho é conhecido popularmente como Manoelzinho Canafístula, tem 44 anos, é Jornalista Profissional (1996), Professor (1996), Radialista (1997), Micro Empresário de Serviços (2007), Político (1996/2018), Líder Comunitário (1996/2018) e Estudantil (2003/2017). Nasceu em Agosto de 1973 no Município de Santana do Acaraú, é divorciado, tem uma filha Assistente Social e Advogada e dezenas de afilhados pelo Ceará. Residiu por 14 anos na cidade de São Paulo. Trabalhou para as duas maiores empresas do mundo, a francesa Carrefour (1986/1993) e a americana Dun e Bradstreet Div. Nielsen (1994/1995). Em Santana do Acaraú foi Vereador (2007), Secretário de Cultura, Turismo, Desporto e Juventude (2008), Assessor Especial do Gabinete do Prefeito (2013) e Servidor Público Municipal de Santana do Acaraú efetivo (2004/2005) e Servidor Contratado da Prefeitura de Sobral (2017/2018).
Fundou os Jornais Correio Santanense (2001/2005), Tribuna do Vale (2009) e a Voz do Vale (2012/2016). Criou o blog "Tribuna dos Vales" em novembro de 2016. Foi presidente de Associações Comunitárias e conselheiro de sete conselhos municipais, sendo presidente de três deles: Conselho da Criança e do Adolescente, Conselho de Habitação e Conselho de Segurança. Prestou serviços de Assessoria de Comunicação e Imprensa e foi Mestre de Cerimônia para órgãos públicos e privados em diversas cidades da região noroeste do Ceará, incluindo Sobral. Participou de dezenas de cursos, congressos, conferências, seminários, jornadas e oficinas no Ceará e no Brasil.
Mora na cidade de Sobral desde outubro de 2016. Em Santana do Acaraú é conselheiro municipal do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente, Conselho da Assistência Social, Conselho Municipal de Habitação de Interesse Social e do Conselho Comunitário de Defesa Social. 

Pesquisar este blog

Follow by Email

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *